Construindo Emoções

Ana e Gui Aprendem que Acidentes Acontecem

Entendendo que Acidentes não são Intencionais.

0-30 min.
Iniciante
Educação Infantil
jeesun-and-jayden-learn-that-accidents-happen

Conectar

Diga às crianças que você irá ler uma história sobre um acidente que aconteceu com a Ana.

Mostre a elas a ilustração para esta aula.

jeesun-and-jayden-learn-that-accidents-happen

Leia a história a seguir em voz alta:

Era a hora da conversa em círculo novamente. A Sra. Muffin chamou todas as crianças para reunirem-se no tapete. A Ana veio imediatamente, alegremente, empolgada para ouvir a Sra. Muffin ensiná-los uma canção e ler uma nova história. Às vezes a turma trabalha com o calendário também! Mas o Gui achava aquela uma hora horrível. Sim, ele gosta de canções (mas ele nunca canta muito alto) e ele adora livros, mas ele não gosta de ficar sentado por taaaanto tempo. Para passar por isso, ele às vezes procurava por grampos ou pequenos pedaços de coisas no carpete, ou deslizava leeentamente da posição de pernas cruzadas para se deitar no carpete.

Hoje, ele estava se sentindo especialmente sonolento na hora em que a Sra. Muffin estava mais ou menos na metade da leitura do livro, e ele já tinha se esparramado no carpete. Um de seus pés esmagou o dedinho da Ana, o que assustou-a bem na hora em que estava amando a história da Sra. Muffin.

Ana gritou surpreendida pela dor, “AAAAIII! Sra. Muffin, o Gui quebrou meu dedo!”

Ana saiu correndo do seu lugar no tapete e esbarrou em outras crianças tentando chegar até a professora. A Sra. Muffin, alarmada pela confusão, derrubou o livro no chão. As outras crianças viraram os olhos para a situação.

Guie as crianças através dessa atividade de compreensão:

  • Diga às crianças para trabalharem com um parceiro de construção para participar de uma brincadeira.
  • Distribua os blocos de rosto estrategicamente para que cada par de parceiros de construção tenha múltiplas oportunidades de identificar um rosto do Conjunto que mostre uma emoção que foi expressada na história.
  • Diga: “Agora, vou ler a história novamente. Escutem e fiquem atentos às vezes em que uma de suas peças de rosto possa ser usada para mostrar como um personagem está se sentindo. Irei fazer uma pausa quando chegar a uma dessas vezes para que vocês e seus parceiros de construção possam cuidadosamente olhar para suas peças de rosto. Se uma das suas peças combinar com o sentimento do personagem na história, segure-a bem alto para que nós possamos vê-la.”
  • Lembre as crianças de virarem as peças para verem as expressões dos dois lados.
  • Leia a história novamente. As palavras em negrito são possíveis locais para fazer uma pausa.

Dica de sala de aula: leia a história mais de duas vezes para ajudar a compreensão da mesma.

Considere fazer perguntas como:

  • O Gui quis machucar a Ana? Ele esmagou o dedo dela de propósito ou por acidente?
  • Como você sabe se a ação de alguém que pode machucar foi feita de propósito ou por acidente?
  • Saber disso muda o jeito com que você pode reagir ao ser machucado?
  • Como a reação da Ana afetou o Gui?
  • Como a reação da Ana afetou a Sra. Muffin e o resto da turma durante a hora da história?

Construir

Diga às crianças para trabalharem com um parceiro de construção para montar como a Ana e o Gui ficaram no final da história.

Analisar/Contemplar

Peça aos parceiros de construção que usem seus modelos para encenar a história mostrando o que Gui poderia ter feito de forma diferente para evitar machucar a Ana acidentalmente (por exemplo, ele poderia ter pedido permissão para deitar fora do círculo ou ele poderia ter ficado sentado).
Peça às crianças para encenarem a história novamente, dessa vez mostrando que a Ana entende que acidentes acontecem.

Continuar

Peça às crianças que pensem sobre algumas vezes em que as pessoas possam ter machucado ou incomodado umas às outras acidentalmente.

Dê esses exemplos:

  • Fazendo fila
  • Procurando um lugar na mesa do lanche
  • Brincando no playground
  • Usando um brinquedo ou ferramentas durante a hora livre
  • Andando de carro com um irmão
  • Ocupando uma área da turma para ver melhor
  • Ao tirar uma foto em grupo
  • Movendo-se através da multidão em uma feira ou ao fazer compras

Diga às crianças para trabalharem com um parceiro de construção e escolherem uma dessas situações de “acidentes prestes a acontecer”.
Peça a elas para construírem dois personagens e alguns itens que possam ser usados para encenar uma história sobre o acidente.

Dica de atividade: para simplificar o desafio, peça aos parceiros de construção que construam a Sra. Muffin. Peça às crianças que pensem em como a Sra. Muffin ajudaria os personagens a resolver o problema. (As respostas podem ser: sugerir um tempo para esfriar a cabeça ou abraçar as crianças e ensiná-las a procurar ajuda antes de ficarem chateadas.)
Faça as crianças encenarem uma solução para os problemas presentes em suas histórias.

Você percebeu?

Observar as habilidades a seguir pode ajudar você a monitorar se as crianças
estão se desenvolvendo social e emocionalmente.

  • As crianças são capazes de entender como suas ações afetam os outros.
  • As crianças são capazes de resolver conflitos de maneiras construtivas.

Suporte ao Professor

As crianças irão:

  • Entender que acidentes não são intencionais
  • Entender que elas podem dar um tempo para se acalmarem antes de reagir a um acidente

Para até 8 crianças

  • As crianças são capazes de entender como suas ações afetam os outros.
  • As crianças são capazes de resolver conflitos de maneiras construtivas.
Legal NoticePrivacy PolicyCookies

LEGO, the LEGO logo, the Minifigure, DUPLO, the SPIKE logo, MINDSTORMS and the MINDSTORMS logo are trademarks and/or copyrights of the LEGO Group. ©2024 The LEGO Group. All rights reserved. Use of this site signifies your agreement to the terms of use.